Quanto custa reformar e decorar um apartamento ou uma casa?

Entenda quanto você deve se planejar para gastar

Reforma e decoração de casa e apartamento: primeiros passos

Muitos moradores nos escrevem para saber quanto custa reformar apartamento ou casa. São pessoas que compraram um imóvel antigo e que precisa de uma reforma ou que resolveram reformar a morada onde vivem. Há, também, quem retirou um apê na planta e necessita de um arquiteto para executar a obra e criar o projeto de interiores.

Já nas primeiras conversas, nos deparamos com uma série de mitos e medos sobre reformas. O primeiro mito é a crença de que a reforma sempre irá sair mais cara do que o previsto. Na realidade, muitas obras ultrapassam os valores – em alguns casos, chegando ao dobro ou triplo dos iniciais – , porque não foi feito um estudo e um planejamento de custos adequados.

Quando você contrata um escritório de arquitetura de interiores, como o INÁ Arquitetura, receberá um planejamento de fases e processos para transformar os seus sonhos em desenhos executáveis. Semanalmente, também terá atualizações sobre o andamento dos trabalhos. Aqui, enviamos planilhas financeiras e fotos para o cliente acompanhar a evolução da reforma. Tais métodos são eficazes para controlar o tempo e o custo da obra, minimizando atrasos e gastos extras.

Outro mito é imaginar que existe um valor fixo para o m² em uma reforma ou projeto de decoração. Claro, é possível chegar a padrões médios, como apresentaremos neste artigo. Mas é importante ter em mente que os valores irão variar de acordo com as características do imóvel, a abrangência da reforma, se é casa ou apartamento e os materiais eleitos.

Criando um projeto de arquitetura

Aqui no INÁ Arquitetura, nosso processo de trabalho se inicia com um bate-papo para conhecermos o seu universo, sua história, sua rotina e como é o lar com que você sempre sonhou. Sabendo que cada cliente é único, ouvimos o máximo possível; aproveitamos a ocasião para tirar todas as dúvidas sobre como é o trabalho de um arquiteto, explicar as etapas de uma reforma e clarear como funciona o nosso processo de trabalho.

Iniciamos, nesse momento, um diálogo pautado na troca, que continua via whatsapp (estamos sempre conectados para tirar dúvidas!) e se estende durante toda a obra e até após a entrega das chaves! Esse diálogo é fundamental para estabelecermos uma confiança, afinal, estamos sendo contratados para criar o lugar onde você irá passar boa parte do seu dia, investir seu dinheiro e construir sua família. Construímos laços para entregarmos um lar e não apenas uma casa.

Desde o início, incentivamos você a apresentar referências visuais da casa dos sonhos. Até sugerimos a criação de pastas no Pinterest com projetos de que gosta. Quando acessamos essas referências visuais, construímos um mapa do que você considera belo e iniciamos um processo de curadoria para harmonizar seus desenhos e construir um projeto de um apartamento contemporâneo, com unidade estética e estilo.

Cozinha

Afinal, quanto custa uma reforma de casa ou apartamento?

A resposta é simples: depende!

O valor de uma reforma de uma casa ou de um apartamento vai depender de uma série de fatores. Quais cômodos serão reformados, as características do imóvel, a cidade onde ele se localiza, o escritório a ser contratado. E, claro, as opções individuais dos moradores quanto aos materiais.

No caso de um apartamento, uma reforma completa costuma custar, em média, de 30% a 50% do valor do imóvel. Em projetos desenvolvidos no INÁ Arquitetura, essa porcentagem significa a partir de R$ 4mil/m². Caso a reforma seja parcial (apenas alguns cômodos sejam alterados), irá depender do que será reformado: obras em ambientes molhados, como banheiro e cozinha, são mais caras – embora o banheiro, muitas vezes, seja um ambiente menor.

Uma dica importante! Há muitos casos nos quais os moradores decidem reformar parcialmente o imóvel, ou seja, apenas alguns ambientes. O problema é que, ao fazer isso, os cômodos não alterados continuam com a antiga estrutura, podendo apresentar problemas futuros. Caso uma nova reforma seja necessária, o morador poderá ter de pagar alguns serviços e profissionais em duplicidade. Portanto, sempre avalie os cenários. O barato pode sair caro!

É importante também atentar às características do imóvel. Um apartamento antigo, que necessita de reforma nas partes hidráulica e elétrica, poderá carecer de uma reforma com custo superior à de um apê entregue aos proprietários há pouco tempo. Por outro lado, apartamentos novos podem ter mais gastos envolvendo marcenaria, iluminação, revestimento dos banheiros. A nossa experiência tem mostrado que a reforma de um apartamento antigo custa, em média, 10% a mais do que a de um novo.

O custo do m² na reforma de uma casa é, em média, 20% a mais do que o de um apartamento. Esse valor é decorrente, sobretudo, do número de etapas e profissionais envolvidos na reforma de uma casa. Os custos das obras nos cômodos internos da casa são semelhantes aos de um apartamento, a partir de R$ 4mil/m² em um escritório como o INÁ Arquitetura. Mas há os espaços externos, que encarecem o projeto e acabam sendo responsáveis pelo aumento. Áreas como quintal, calçada, telhado, piscina, espaço de churrasqueira, varanda, jardim, dentre outros, são adicionais que fazem com que o custo final da reforma em uma casa seja superior.

O que está envolvido no valor da reforma de uma casa e apartamento?

A reforma de um apartamento envolve cerca de 30 a 40 fornecedores. A de uma casa, por incluir áreas externas, de 50 a 60 fornecedores. Entre esses profissionais, estão pedreiros, pintores, marceneiros, vidraceiros, eletricistas, dentre outros. Em uma reforma, pode-se dizer que um terço do valor investido será no empreiteiro; um terço, na marcenaria; um terço, em acabamentos, louças e metais.

Quem desenvolve o projeto a ser executado, planeja o trabalho de todos os envolvidos e administra quando cada um inicia o serviço é o arquiteto ou escritório de arquitetura responsável pelo gerenciamento da obra.
O valor pago ao arquiteto varia conforme o escritório. No caso do INÁ Arquitetura, o custo do projeto é de 5% sobre o valor da obra. E o do gerenciamento da obra é de 15% sobre o valor da obra. A eleição por um bom escritório é importante para evitar que você acabe gastando mais ao longo do processo.

É importante dizer que, além do gerenciamento do seu dinheiro, o escritório de arquitetura irá garantir o desenvolvimento de um bom projeto. Investirá em uma obra que dialogue com o espaço ao redor, respeite as características do imóvel, atenda às suas necessidades e sonhos e faça sentido à sua vivência como morador.

Dica para anotar. Quando você vende um imóvel por um valor superior ao que o adquiriu, irá pagar um Imposto de Renda sobre o lucro (15%). Se você fizer uma reforma, o valor da obra será somado ao do imóvel, diminuindo o imposto pago. No entanto, para que você tenha essa isenção, é necessário que o escritório de arquitetura organize todas as notas fiscais dos fornecedores e materiais e te forneça. No INÁ Arquitetura, fazemos esse processo para que o dinheiro investido na reforma possa ser contabilizado no IR.

Quanto custa decorar uma casa e apartamento?

Novamente, o valor da decoração de uma casa ou apartamento depende. Além das marcas eleitas pelo morador, há uma variedade de opções de móveis, a qual pode influenciar no valor. Em média, sugerimos considerar que o valor da decoração será a partir de R$ 5mil/m².

No INÁ Arquitetura, um serviço oferecido aos clientes é a Assessoria de Decoração. Ao contratar esse serviço, auxiliamos na seleção e planejamento dos móveis, visitas a lojas de mobiliário e decoração, supervisão dos itens, recebimento, acompanhamento do içamento (se necessário), conferência de materiais e pós-venda.

Esse é um serviço, portanto, que abrange todo o percurso da decoração, da escolha à montagem. Criamos 3Ds para apresentar como os ambientes ficarão com os móveis, oferecemos ao cliente o auxílio no momento de investir seu dinheiro, apresentamos lojas e marcas, todo o suporte na resolução de problemas até que tudo seja decorado. O valor desse serviço pode ser consultado diretamente com o escritório.